Gungaporanga: um lugar de descanso e contemplação

Encontre aqui todas as informações sobre o hotel que é referência em Alagoas. No Gungaporanga você desfruta de uma estadia voltada para o descanso e para a contemplação, mas sem perder conforto e requinte.

Gungaporanga: um lugar de descanso e contemplaçãoUm lugar para o descanso e contemplação da natureza – sem abrir mão do conforto, luxo e requinte. Esse é o Gungaporanga Hotel. Já na chegada à recepção do hotel é impossível não se impressionar com a vista da estonteante e bem arquitetada piscina: ao mesmo tempo próxima do céu e se misturando à lagoa e ao mar azul piscina de Alagoas. Um cartão de visitas para hipnotizar qualquer visitante. As espreguiçadeiras no centro e ao redor da piscina são o convite que faltava para atrair o visitante e convidá-lo ao ócio, esquecendo do mundo e curtindo a paisagem.
 
A posição do hotel, que está situado a 35 km de Maceió, no Litoral Sul de Alagoas, é estratégica: fica no alto de uma falésia, de frente para a Lagoa do Roteiro, entre a Praia do Gunga e a Barra de São Miguel. Aliás, é proibida a entrada de menores de 14 anos, devido à topografia do local e à proposta do hotel.
 
O Gungaporanga é um convite ao descanso e tudo foi pensado para proporcionar conforto e privacidade aos hóspedes. A começar pela quantidade de quartos: são apenas 18 bangalôs - todos com vista para o mar. O staff, extremamente atencioso e cordial, não vai te deixar faltar nada, mas é sempre cuidadoso para não ser invasivo, respeitando a privacidade de quem está por lá.
 
A bela piscina de borda infinita é a sua principal atração, contando com sauna integrada e duas hidromassagens com cromoterapia. À noite, sua iluminação cênica é também digna de registro. Além disso, o hotel dispõe de uma modesta academia (pouco visitada, por sinal) e de uma ampla e bem decorada sala de leitura, com boa variedade de livros e DVD’s.

Gungaporanga: um lugar de descanso e contemplação

OS QUARTOS

Entre os 18 bangalôs do Gungaporanga Hotel, oito são da categoria luxo, outros oito da super luxo e dois ‘master’. Além da varanda e vista para o mar, todos contam com travesseiros de pluma de ganso, frigobar, secador, televisão LCD com TV a cabo, DVD e amenities da L’Occitane.

A diferença entre o bangalô luxo e o super luxo é só uma: a banheira de hidromassagem. Já o master, além da hidromassagem com cromoterapia, tem sala, piscina privativa, varanda maior, espreguiçadeiras, adega e roupões. E uma área maior em frente à varanda.

Gungaporanga: um lugar de descanso e contemplação

O número limitado de quartos garante a privacidade e a exclusividade que hóspede necessita. Além disso, os recepcionistas alertam logo no ato do check in que é proibido transitar na frente dos quartos – garantindo mais privacidade aos vizinhos.

Para usufruir mais da vista do seu quarto, é possível agendar um serviço de massagem na recepção do hotel: a massagista vai até o bangalô e monta a maca na varanda mesmo, de frente para o mar...é só relaxar e curtir o momento.

GASTRONOMIA

O hotel funciona em regime de meia pensão, ou seja, estão incluídos na diária o café da manhã e o jantar sem bebidas. O café da manhã, servido individualmente na mesa do hóspede, é farto: frutas frescas, mel, granola, sucos, café, leite, frios, pão quentinho, cuscuz, bolo, geléia, podendo ser solicitado, ainda, tapioca, ovos e queijo coalho derretido, entre outras coisas. Para evitar desperdícios, não há buffet – o que garante também uma comida feita na hora.
 
Gungaporanga: um lugar de descanso e contemplação
O jantar é a la carte e são muitas as opções de pratos da culinária regional e contemporânea. A gastronomia do hotel surpreende pela sua excelência. Sugerimos o ‘Camarão Thai’ de entrada, um delicioso camarão com coulis de manga. Para o prato principal, o risoto de camarão e moranga mistura a culinária regional com a famosa receita internacional e traz um resultado saboroso e surpreendente. O arroz de polvo, outro prato tradicional no litoral de alagoas, ganha uma versão mais sofisticada, incluindo três tipos de arroz: selvagem, negro e arbóreo. De sobremesa, provar o petit gateau de Nutella é obrigatório.

Gungaporanga: um lugar de descanso e contemplação
 
O hotel conta com uma boa carta de vinhos, mas também é permitido que o hóspede leve seus rótulos, que podem ser consumidos na área comum mediante pagamento de “taxa de rolha” de R$ 50,00. Já o consumo da bebida dentro dos bangalôs é livre.
 
Para os momentos de relaxamento à beira da piscina nada melhor que um drink. Há várias opções, dentre os clássicos mojito, caipirinha e cuba libre. Mas a grande surpresa é o “Ananás Refrescante”, feito com vodka, abacaxi e gengibre - este último ingrediente faz toda a diferença e torna esse drink ideal para os dias quentes, sem deixar nenhum gosto ruim (muita gente fica desconfiado, mas peça, é muito bom).
 
A gastronomia do Gungaporanga com certeza é um de seus diferenciais e você não precisa ser hóspede para desfrutar de um almoço ou de um jantar no local, basta reservar com antecedência e mediante disponibilidade. Se estiver a caminho de Maceió ou voltando de lá, é uma excelente opção.

PASSEIOS

Com uma vista encantadora e gastronomia de primeira, indaga-se: para que sair do paraíso? Mas se você for passar alguns dias por lá, são muitas as opções de passeio. As mais recomendadas são disponibilizadas pelo próprio hotel, de forma gratuita: um transfer terrestre até a Barra de São Miguel ou até a Praia do Gunga –além de uma pequena trilha pela Reserva de Mata Atlântica, vizinha ao hotel, e mergulho na lagoa.
 
A trilha, que dura 15 minutos, pode ser realizada sem maiores dificuldades. A descida pela falésia é acompanhada por um funcionário do hotel, que lhe fornece um frasco de repelente, pois boa parte da trilha é percorrida em mata fechada e há vários mosquitos. Mas à medida em que se vai descendo, a frequência dos mosquitos diminui, assim como as estaturas das árvores e, finalmente, a vegetação florestal dá lugar ao mangue, que se encontra com a lagoa.
 
Uma vez completada a descida, é possível admirar a falésia de baixo e tomar um bom banho na Lagoa do Roteiro, se você não liga para uma lama um pouco escorregadia aos seus pés – típica de região com manguezal. Muitos cascalhos também por lá. Outra opção é pegar uma jangada rumo à Praia do Gunga e à Barra de São Miguel, ao custo de R$ 80,00 (oitenta reais) por pessoa.

Gungaporanga: um lugar de descanso e contemplação
Além destes passeios, há outros fornecidos pelas agências Luck e Destino Alagoas, indicadas pelo Hotel. É possível ir para Maceió, Maragogi, Penedo, Lagoa do Pau, Coruripe e até para a foz do São Francisco, para quem quiser encarar quase duas horas de carro.
 
Seja para uma escapada relaxante no fim de semana ou para uma estadia mais longa no litoral sul de Alagoas, uma coisa é certa: a localização, os serviços de qualidade, a excelente gastronomia e aquela incansável vista vão te induzir a regressar outras e outras vezes ao paraíso chamado Gungaporanga Hotel.
 
Diárias a partir de R$ 674,00.
 
*A equipe do BLOG MALAS PRONTAS se hospedou a convite do Hotel Gungaporanga.

Fotos: Max Augusto
#Gungaporanga #Turismo de Luxo #Hospedagem #Alagoas #Nordeste #Brasil


Deixe um comentário