por Hospedagem

Kiaroa Resort

Coheça o Kiaroa, na Península do Maraú (BA): opção de turismo de luxo
Kiaroa Resort
Foto: Max Augusto

Animadores na beira da piscina convidando para atividades recreativas, música alta no bar da praia, filas e pessoas falando alto nos buffets de café da manhã e almoço, hóspedes disputando uma espreguiçadeira ou um drink no bar. Se é essa a sua visão de resort, você precisa conhecer o Kiaroa Resort. Com um conceito diferente, a proposta do lugar é oferecer descanso, privacidade e luxo, tudo isso em meio a um paraíso natural, onde se pode desfrutar uma excelente gastronomia.
 
O hotel fica localizado na Península de Maraú, região sul da Bahia, e conta com apenas 23 unidades, entre apartamentos e bangalôs. O local oferece muita exclusividade e um excelente atendimento, onde funcionários, sempre muito solícitos, logo aprendem o nome do hóspede e sabem a hora de puxar conversa – e a de manter a distância que um casal pode precisar.

Foto: Luciana Araújo/Vista aéra da Península de Maraú
Kiaroa ResortPara chegar até lá, são oferecidas duas opções de transfer: o terrestre, a partir do aeroporto de Ilhéus, dura em média duas horas. Há ainda o aéreo, saindo do hangar do aeroporto de Salvador. A viagem é realizada em um avião bimotor e a travessia dura em média 40 minutos. De cima, dá pra ver as piscinas naturais e as diversas barreiras de corais ao longo da Península de Maraú.
 

Cerca de 80% do público que procura o Kiaroa é do sul e sudeste do país – paulistas e mineiros são os maiores frequentadores. Mas a notícia boa é que para incentivar a ida dos nordestinos ao resort foi criada uma tarifa especial para o grupo.
 

Estrutura
Para quem está acostumado à estrutura de bons resorts, o Kiaroa não deixa a desejar. Acomodações, piscinas e restaurante são muito bons – mas igual a vários outros. O diferencial de lá é mesmo a calma, a pequena quantidade de gente circulando e o atendimento. Vale lembrar que o Kiaroa não trabalha com o sistema “All Inclusive”.
 
Chegando ao Kiaroa, enquanto o hóspede realiza o check in são servidos drinks de boas-vindas em um confortável lounge com móveis da Sacarro. Ao chegar em seu quarto, uma garrafa de Chandon e uma bandeja de frutas estarão à sua espera, fazendo com que os primeiros momentos já sejam especiais. Aliás, tudo é pensado para proporcionar o máximo de conforto ao hóspede, que poderá desfrutar de enxoval Trussardi de algodão egípcio, travesseiros de pluma de ganso e kit de banheiro da Bvlgari.
 

Kiaroa Resort
Foto: Kiaroa/Divulgação

O resort oferece seis opções de acomodações: duas suítes ‘Tropical Luxo’, que contam com varanda e vista para o jardim; sete Suítes Tropical Master, especialmente elaboradas para a família, com dois ambientes: sala e quarto, dois banheiros e duas varandas. Há ainda seis Bangalôs ‘Malindi’, ideais para casais, com hidromassagem privativa na varanda e vista para a vegetação.
 

Kiaroa Resort
Foto: Max Araújo/Bangalô Malindi

As outras opções são os três bangalôs ‘Moreea Luxo’, com dois ambientes integrados, quarto, sala e piscina privativa com deck; três bangalôs ‘Moreea Master’, que além de ter quarto e sala, conta com piscina privativa com deck, jardim exclusivo e varanda com vista para o mar. Por último, estão disponíveis ainda dois bangalôs ‘Bali Luxo’, a mais luxuosa e completa acomodação do resort, cujo acesso aos demais hóspedes é vedado. As diárias variam entre R$ 963 e R$ 2.300.
 

No resort
O que há para fazer por lá? O objetivo é não fazer nada. Desfrutar o mar, o sol e a piscina, relaxando. Mas uma boa opção de programação, dentro do resort, é conhecer o ‘Spa Armonia’, que é um espetáculo à parte. Além de contar com um menu muito diversificado de massagens e produtos da L’occitane, tem uma excelente estrutura.

O Spa conta com excelentes profissionais e fica em um local mais reservado do hotel. Além de uma decoração bela e exotérica, de lá é possível escutar o barulho das ondas do mar e sentir a natureza à sua volta. O local ainda dispõe de uma modesta academia, hidromassagem e sauna.
 

Kiaroa Resort
Foto: Kiaroa/Divulgação

Muitas vezes resort e boa gastronomia não andam juntos, mas no Kiaroa é possível unir isso, a um preço relativamente acessível. Para o almoço há muitas opções de peixes e frutos do mar, os pratos mais pedidos são a moqueca de badejo e a lagosta com arroz de coco. Para o jantar, o restaurante do hotel oferece um menu mais refinado e carnes exóticas, como carré de cordeiro e confit de canard (pato). A carta de vinhos também é organizada e variada, com boas opções.
Kiaroa Resort
 
Foto: Divulgação/Kiaroa

Para as mulheres com “tempo” para gastar, logo na entrada do hotel há uma filial da relojoaria suíça Parmigiani - o relógio mais barato desta grife custa R$ 30 mil.
 

O que fazer fora do Kiaroa
A maior atração do local é o próprio Kiaroa. Mas se você for passar alguns dias por lá, existem muitas opções de passeios. É possível alugar um quadriciclo e percorrer as redondezas (o que também pode ser feito de taxi, se você prefere menos emoção). Existem lagoas, praias, passeios de barco e uma modesta vila. Se optar por alugar o quadriciclo, tenha em mente o seguinte: o passeio é muito divertido e emocionante, mas as estradas são muito ruins e as distâncias entre os locais a serem visitados não são tão pequenas. Mas vale o passeio.
 

Kiaroa Resort
Foto: Max Augusto/Lagoa Azul

As lagoas mais visitadas do local são a Azul e a Cassange, mas cá pra nós...se tiver pouco tempo, prefiras as praias, que desfrutam de melhor estrutura de bares e condições de banho. As lagoas são bonitas e o passeio vale pelo visual, mas na beira da Lagoa Cassange é possível avistar diversos caramujos ... acho que não vale a pena arriscar um mergulho, né? Além disso, não há qualquer infraestrutura para o turista curtir as lagoas.

Em termos de praia, uma das grandes atrações são as piscinas naturais de Taipú de Fora. Corais criam uma barreira natural, gerando uma praia de águas claras, onde é possível remar no Stand Up Padle e mergulhar (com snorkel) para observar os corais e a vida marinha. Antes de ir, procure saber em que horário a maré estará baixa – quando fica melhor para mergulhar, isso faz toda a diferença. Em época de lua cheia o mergulho fica ainda melhor, com as piscinas mais secas. Por lá há também bons bares, como o ‘Buda Bar’ e o ‘Bar das Meninas’, que oferecem uma boa estrutura e muitas opções para almoço e tira-gosto.
Kiaroa Resort
 
Foto: Max Araújo/Buda Bar

Imperdível também é o Pôr de sol na Ponta do Mutá, que oferece um visual incrível, em meio às águas claras. O acesso é através de um pequeno povoado e a melhor opção é ir até lá de táxi. Se for de motociclo, cuidado com o horário do retorno – pode ficar meio complicado achar o caminho à noite, por isso o melhor é pegar um taxi. Um dos melhores bares no local é o ‘Sol do Mutá’, posicionado estrategicamente para curtir o pôr do sol, oferecendo ainda bons drinks e recebendo uma turma mais descolada, com muita gente jovem, surfistas e adeptos de esportes de aventura.
 
Kiaroa Resort
Foto: Max Araújo/Ponta do Mutá

Se você visitou as lagoas, a Ponta do Mutá e Taipú de Fora e tiver mais um dia disponível em Maraú, não deixe de conhecer a Cachoeira de Tremembé e a Ilha da Pedra Furada, que podem ser conjugadas em um só passeio de barco/lancha.
 

A Cachoeira de Tremembé é um passeio incrível: testemunhar a água doce e cristalina da cachoeira desaguando na água salgada do mar... Um espetáculo da natureza. O banho nas águas da cachoeira é obrigatório: a embarcação passa por debaixo dela. De lá, é possível seguir para a Ilha da Pedra Furada, que tem esse nome por conta de uma enorme rocha erodida em forma de arco e diversas pedras furadas ao longo da ilha - dizem que isso acontece devido à ação de um molusco específico nas rochas. Além desta, há outras ilhas, que podem ser conhecidas neste mesmo passeio: as ilhas de Goió, Campinhos e Sapinho, que são igualmente belas.
 
Kiaroa Resort
Foto: Guia de Maraú/Divulgação

Por fim, a pequena vila de Barra Grande também merece especial atenção. Lá é possível apreciar o artesanato local, além de ter bons restaurantes, como “A Tapera” e o ‘Bar da Rô’. Aliás, o Bar da Rô é um ótimo local para ver o pôr do sol.
 

A equipe do Blog Malas Prontas ficou hospedada no local a convite do Kiaroa Eco-Luxury Resort.
 

Para mais informações acesse
kiaroa.com.br/
 
#Kiaroa #Resort #Turismo de Luxo #Bahia #Costa do Dendê #Península do Maraú #Barra Grande #Taipú de Fora


Deixe um comentário