Passeio de um dia em Recife: Oficina Brennand e Instituto Ricardo Brennand


Em Recife, no Bairro da Várzea, bem longe do badalado eixo turístico de Boa Viagem e do Recife Antigo, estão duas preciosidades culturais da capital pernambucana: a Oficina Brennand e o Instituto Ricardo Brennand.
 

Apesar do sobrenome idêntico, a Oficina e o Instituto têm diferentes propósitos: A primeira pretende divulgar e difundir a arte de Francisco Brennand, abrigando as esculturas, pinturas e cerâmicas do artista plástico.

Passeio de um dia em Recife: Oficina Brennand e Instituto Ricardo BrennandOficina Brennand (Foto: Max Araújo)

Já o Instituto, comandado por Ricardo Brennand, guarda a coleção de arte do empresário, com armas brancas (espadas, facas e canivetes), armaduras, pinturas, arte decorativa, tapeçarias e mais coisas interessantes.


O melhor é que dá para visitar as duas atrações em um só dia: comece pela Oficina e termine pelo Instituto, pois ele só abre no período da tarde. A maior parte dos taxistas já acerta um preço fixo para a corrida até a Várzea, incluindo o tempo de espera.

O que fazer em Olinda? Clique aqui e confira!
 

OFICINA BRENNAND

A Oficina Brennand é o lugar ideal para se surpreender com o talento múltiplo do pernambucano Francisco Brennand. Com 88 anos e ainda na ativa, o artista plástico produziu muitas pinturas, mas o seu forte são as esculturas e painéis em cerâmica.

Passeio de um dia em Recife: Oficina Brennand e Instituto Ricardo Brennand
Oficina Brennand (Foto: Max Araújo)

Ao chegar na Oficina, quatro esculturas de saltimbancos dão as boas-vindas aos visitantes. A partir daí você irá se deparar com os formatos fálicos, traços típicos da arte de Brennand, que contém forte conotação sexual.

Passeio de um dia em Recife: Oficina Brennand e Instituto Ricardo BrennandOs Saltimbancos (Foto: Max Araújo)

Passada a entrada, à direita, está o Templo Central. Ande devagar e contemple cada pedacinho desta grande obra a céu aberto. Não deixe de reparar nos detalhes: as figuras de Adão e Eva e a cúpula ao centro, que guarda o Ovo Primordial, simbolizando a imortalidade.

Passeio de um dia em Recife: Oficina Brennand e Instituto Ricardo Brennand
Templo Central (Foto: Max Araújo)

Mais à frente, se encontra a Praça Burle Max, jardim projetado pelo paisagista e que guarda algumas esculturas de Francisco Brennand. Aprecie a beleza e as formas do jardim, com seus pequenos lagos. Mais ao fundo fica a Accademia, galeria com cerca de 300 pinturas e esculturas do artista.
Passeio de um dia em Recife: Oficina Brennand e Instituto Ricardo Brennand
Praça Burle Max (Foto: Max Araújo)

Percorridos os principais pontos da Oficina, retorne ao Tempo Central, vizinho a ele estão o Salão de Esculturas e o Anfiteatro, com diversas obras do artista à venda.
 
Finalize o seu passeio com um delicioso almoço no Café Brennand. O local é agradável, há diferentes opções de sucos e a comida, servida em pratos de cerâmica desenvolvidos pelo artista, valoriza ingredientes regionais, mas com um toque contemporâneo – tudo muito delicioso.

Passeio de um dia em Recife: Oficina Brennand e Instituto Ricardo Brennand
Peixe na crosta de gergelim (Foto: Max Araújo)

Indicamos a trouxa de couve recheada com carne de sol e o peixe na crosta de gergelim com purê de abóbora (na foto).

Por falar em Pernambuco, confira aqui o nosso roteiro de 3 dias pelas belas praias de Fernando de Noronha.

INSTITUTO RICARDO BRENNAND

Depois de apreciar a autenticidade da obra de Francisco Brennand, chegou a hora de conhecer a coleção de arte de seu primo, no Instituto Ricardo Brennand.
 

O longo caminho até a propriedade com ares de realeza, entre palmeiras imperiais, conduz o visitante a um castelo e dentro dele o tesouro maior: a coleção de obras do empresário.

Passeio de um dia em Recife: Oficina Brennand e Instituto Ricardo Brennand
Instituto Ricardo Brennand (Foto: Max Araújo)

O edifício, com fachada em estilo vitoriano, e seus jardins, por si só, impressionam. No exterior da propriedade há um lindo lago e à beira dele ficam várias esculturas, dentre elas “A dama e o Cavalo”, de bronze platinado, do colombiano Fernando Botero (vide foto), além de uma réplica em mármore da estátua de Davi, de Michelangelo.

Passeio de um dia em Recife: Oficina Brennand e Instituto Ricardo Brennand
Jardim do Instituto Ricardo Brennand (Foto: Max Augusto)

No Castelo de São João encontra-se a coleção de armas e espadas, além de artes decorativas e tapeçarias.
 

A coleção de armas é muito rica contendo canivetes, adagas e grandes espadas trazidas dos quatro cantos do mundo (muitas delas de ouro e incrustadas com pedras preciosas). Dentre elas, destacam-se duas que pertenceram ao Rei Faruk I, último monarca do Egito, antes de ser proclamada a República no país.
 

O acervo de armas de fogo também é vasto, contendo, inclusive dois fuzis de propriedade de Dom Pedro I e Dom Pedro II. Mas, dentre todas as peças de armaria, a que mais chama atenção, por ser rara, é a armadura medieval canina.

Passeio de um dia em Recife: Oficina Brennand e Instituto Ricardo Brennand
Armaduras no Instituto Ricardo Brennand (Foto: Max Augusto)

Para os fãs de pintura, há um raro Frans Post na Pinacoteca do Instituto Ricardo Brennand: “Forte Frederick Hendrik” retrata a paisagem onde hoje se encontra o Forte das Cinco Pontas, em Recife.
 
A pinacoteca do instituo possui a maior coleção do mundo de quadros do pintor holandês Frans Post, que foi o primeiro paisagista do novo mundo. São 15 obras de grande valor artístico e inestimável valor histórico.
 

No final do passeio, se encaminhe para o café, apreciando o corredor de esculturas, e não saia de lá sem provar o bolo de rolo, tido como um dos melhores de Recife, competindo com o da Casa dos Frios.
 
OFICINA BRENNAND
Horário de Funcionamento: De segunda a quinta, das 08h00 às 17h00; sexta das 08h00 às 16h00; Sábado e Domingo, das 10h00 às 16h00
Entrada: R$ 15,00 (inteira) e R$ 8,00 (meia) para estudantes, maiores de 60 anos e professores. 
Site oficial: http://www.brennand.com.br/
 
INSTITUTO RICARDO BRENNAND
Horário de Funcionamento: De terça a domingo, das 13h00 às 17h00. Fechado às segundas-feira.
Entrada: R$20
 
#Recife #Pernambuco


Deixe um comentário